Planejamento brasileiro

Planejamento brasileiro

Planejamento brasileiro Jamile me pediu ajuda para traduzir a apresentação sobre o planejamento das ações para recrutar voluntários que trabalhariam durante os jogos Olímpicos. Ela dizia que toda a equipe precisa falar inglês, mas mesmo assim, a equipe de RH não estava seguindo o planejamento necessário para o processo de seleção dos voluntários. Ela supôs que eles não estivessem entendendo o inglês. Então ela concluiu que a solução seria fazer a apresentação em português para o RH. Comecei a traduzir com ela a apresentação e foi ficando claro para mim o que não estava sendo entendido: não era o idioma, e sim o planejamento em si. Por ser brasileira e trabalhando com estrangeiros de diferentes nacionalidades, percebo o quanto a forma que os brasileiros entendem o planejamento é distinto de outros país. O Brasil é um país em que o planejamento ainda está sendo construído. Uma pátria baseada no pensamento de que é interessante para políticos corruptos que as obras não cumpram prazos e ainda se pensa em obras feitas para durar pouco tempo para que seja necessário gastar ainda mais fazendo novamente. O pensamento é voltado para o curto prazo. O brasileiro é um povo que aprendeu a viver em crise e a ser criativo para lidar com essa crise. Muitas vezes é difícil seguir um planejamento devido a diversos fatores externos. Não era somente a equipe de RH que estava tendo problemas com o planejamento. Todas as áreas estavam tendo problemas referentes a isso. A equipe de tecnologia precisava que as instalações ficassem prontas para poder testar a tecnologia. Era para isso que eles estavam no Brasil,...
A vida não é assim tão séria

A vida não é assim tão séria

A vida não é assim tão séria Quando o grego Tassos veio ter aulas comigo, ele já falava um pouco de português. O que ele queria era ser carioca. E assim eram as nossas aulas sábado pela manhã. Sempre me surpreendia como ele colocava na prática todas as coisas que ele aprendia até que ele começou a me ensinar sobre o Rio. Ele sempre trabalhava muito, mas nunca o vi estressado. Ele dizia que as pessoas levavam a vida muito a sério e a vida não era para ser assim. Ser profissional não significa que a vida precisa ser encarada com tanta seriedade. Eu acompanhava os resultados dele no trabalho e o seu progresso com sua meta de ser carioca. Mas mesmo assim, não entendia o que ele queria dizer com “não levar a vida tão a sério”. Nas vésperas dos jogos olímpicos, alguns eventos testes tinham a cobertura da mídia. Ele estava trabalhando na arena aquática e, durante o evento, faltou luz. A plateia estava lotada e todos os atletas e a equipe estavam lá. Eles podiam contar com qualquer tipo de problema técnico, agora, faltar luz, algo tão básico? No dia seguinte imaginei que ele estivesse tenso com isso e ele me surpreendeu com um enorme sorriso. Ele disse: “Você sempre tentou me explicar o que é ser carioca e agora mais do que nunca faz sentido para mim. Faltou luz ontem. O que você espera da atitude de um diretor nesse caso? O diretor era brasileiro e, com muito bom humor, ele deixou toda a equipe tranquila para que todos dessem o seu melhor.” “Se isso...
A família e o banco

A família e o banco

A família e o banco O gerente do banco perguntou pela minha familia!!! Como assim?!?  Por que?!? Ouvi isso em uma conferencia para empreendedores de todos os lugares do mundo realizada na Lituânia. O palestrante era Simon, um americano que atualmente um dos maiores produtores agrícolas do mundo. Possui negócios no Chile e trabalha com pessoas de todos os lugares do mundo. Na plateia haviam pessoas de diversos países e ficaram chocadas com o fato do gerente ter perguntado questões pessoais quando Simon foi abrir a conta no banco. Para mim, isso não foi uma surpresa pois no Brasil é similar. Nos Estados Unidos não é comum a figura de um gerente e todo o sistema bancário é online, as pessoas vão pouquíssimo ao banco. Em minha conta brasileira, faço questão de ter um gerente, tanto na conta pessoal, tanto na jurídica. Quando estou no exterior, muitas vezes tenho problemas que o call center não resolve. Eu converso com o meu gerente pelo whatsapp e ele consegue resolver pra mim com facilidade. O meu namorado é americano. Quando ele me viu fazendo isso não acreditou como era possível!!! Quando eu morava na Australia, consegui abrir uma conta no banco em apenas duas semanas. No Brasil, eu tenho alunos que estão há 2 anos tentando. Tenho outros alunos que tentaram abrir conta jurídica para sua empresa e não conseguiram. Abriram em nome de pessoa física e tinha frequentemente suas contas bloqueadas pois o banco suspeitava do valor das altas transferencias. Comecei a compreender que em países como os Estados Unidos, os negócios são realizados de corporação para corporação ou de...